| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal Qualidade & Excelência
Desde: 31/03/2017      Publicadas: 4      Atualização: 31/03/2017

Capa |  Custo Qualidade


 Custo Qualidade

  31/03/2017
  0 comentário(s)


Custos de Falhas Internas

Custos de Falhas Internas
Custos de falhas internas são incorridos em virtude de falhas detectadas na empresa, antes dos produtos serem liberados para os consumidores. Em outras palavras, são custos incorridos para eliminar falhas encontradas nas inspeções. Incluem custos a partir do momento em que os materiais e as peças são expedidos pelos fornecedores até o momento em que os produtos acabados são recebidos pelos usuários finais (COGAN; 1994:77-82).
 
Alguns exemplos de custos de falhas internas são:
 
  • Custo de falhas no processo de fabricação, como sucata, material estragado e re-trabalho.
  • Perda por falta de qualidade.
  • Custos de descobrir paralisações e avarias e repará-las.
  • Custos de engenharia para ajustar a qualidade.
  • Custos de tempo de computação para re-execução de tarefas.
  • Custo de estoques de segurança de produtos acabados para enfrentar baixa saída de produtos do processo, por peças defeituosas ou lotes rejeitados.
  • Custos de re-exames de inspeção e de testes após a detecção de defeitos.
  • Perdas devidas a interrupções da produção.
  • Em muitas empresas existem diversos controles de custos das falhas internas, todavia nem sempre os mesmos são compilados e analisados conjuntamente, um sistema de custeio da qualidade propicia esse tratamento.



  Mais notícias da seção Geral no caderno Custo Qualidade



Capa |  Custo Qualidade
Busca em

  
4 Notícias